domingo, 18 de setembro de 2011

Coleção

Não é a primeira vez que me sinto tomado por alguma idéia diferente que me ocorra, seja lá qual for a razão dela ter surgido. Algumas vezes possuem uma aparência sombria ou aterrorizante que me fazem analisá-las muito bem antes de tomar qualquer decisão. Outras, por melhores que sejam, parecem nada ter a acrescentar no momento e, então, acabam guardadas num canto remoto da minha mente (ou em alguma anotação perdida) e lá ficam até que uma oportunidade realmente boa as tire de lugar.
É o que está para acontecer. De todos os projetos que tenho, alguns deles estão tão empoeirados que quase não os percebo mais em minha mente. Seria a hora ideal de fazer uma faxina. Ou quase.

Uma mudança na forma de organizar as idéias agora que a maturidade chegou a um nível ainda mais elevado (e continuará a crescer ao longo dos próximos anos). Sugeri a mim mesmo a encarar isso agora como uma coleção. De ideias, projetos, vontades, imagens, hobbies, sonhos (em sentidos diferentes dos que aparecem por aqui). Atividades, diria. E nessa passagem, algo deve se perder, pois é comum que isso ocorra em mudanças. O que eu avaliar como atualmente imaturo e/ou não satisfatório (falando pessoalmente) o suficiente, vai sair da coleção. Dinâmico por si só como a vida é, esse plano.

Porém o que é importante vai continuar sempre vivo, caminhando, seguindo em frente, por mais que a curva do tempo diga que não, ela sabe estar mentindo para si mesma, pois pode olhar o futuro e ver as mudanças.

Talvez um pouco dessas ideias cheguem aqui, para dar mais brilho a essa miragem perdida no solitário deserto que minha mente se torna às vezes. Espero ainda o choque que fará este coração voltar a bater... e tem prazo para acontecer...?

3 comentários:

Fonftka disse...

Aceitar esse fato é um grande passo, porque a falta de tempo e meios para colocar tudo em prática definitivametne faz com que a poeira cubra várias idéias. O tempo continua fazendo o seu trabalho sempre.

Só espero que você consiga se sentir realizado com as criações que decidir levar adiante! Porque certamente nos sentiremos também, acompanhando aqui XD

Carla Rossana disse...

Sim *-* vamos sempre acompanhar, quero ver de perto essa coleção e vamos te judar em tudo que pudermos ^^

Johnny Pio disse...

Oi Caioo! Quanto tempo amigo! Esse texto define muito a fase que estou passando, as vezes me pergunto se tem que ser assim por destino, ou pelo simples fato de nos mesmo deixar nossas ideias paralisadas e esquecidas em um subconsciente vazio, por achar que elas não são boas no momento.
As vezes acho que pode ser culpa da nossa força de vontade, que foi abandonada em algum lugar no qual não fazemos esforço pra encontra-lá!